Projetos Berçário 2

ATENÇÃO: TODOS OS PROJETOS POSTADOS NO BLOG "BRINCANDO A GENTE APRENDE!" SÃO DE MINHA AUTORIA, PORTANTO PRESERVE A AUTORIA.
OBRIGADA!
 

Não esqueçam: Ao copiar mantenham os créditos!

Projeto: Descobrindo a magia das histórias infantis.

Professora Deisi V. Fernandes


Justificativa

           Durante o trabalho realizado na turma do Berçário 2, percebemos o grande interesse que os bebês têm por histórias infantis, principalmente das que tenham animais, lobos e bruxas como personagens. Em todos os momentos de narração de histórias os alunos sentam-se em forma de rodinha no tapete e ouvem as histórias com atenção, demonstrando curiosidade e um verdadeiro fascínio pelos livros, querem tocar, manusear, olhar as gravuras e imitar os personagens.

         Com este projeto pretendemos confeccionar uma “Bebeteca”, uma pequena biblioteca em um cantinho da sala de aula, para que os alunos possam explorar livros, revistas e gravuras. Utilizando a “Bebeteca”, juntamente com alguns recursos de narração de histórias diferenciados como: avental pedagógico, histórias com velcro, TV pedagógica, varal para contação de histórias, flanelógrafo, livros coloridos, retropojetor, entre outros, incentivaremos o prazer pela leitura, procurando estimular o lúdico, a fantasia, o faz-de-conta, os jogos, as brincadeiras, a criatividade, a imaginação, a socialização e a integração.

        Nesta faixa etária, os bebês adquirem muitas conquistas: caminhar, correr, balbuciar, falar as primeiras palavrinhas, ter mais autonomia, tudo isso em um espaço curto de tempo e as histórias contribuem muito neste desenvolvimento. Ela é um excelente instrumento para desenvolver a audição, a fala e a expressão corporal e representa uma fonte rica em estímulos.
        “... como é importante para a formação de qualquer criança ouvir histórias, muitas histórias... Escutá-las é o início da aprendizagem para ser um leitor, e ser um leitor é ter um caminho absolutamente infinito de descoberta e de compreensão do mundo...” (ABRAMOVICH 2008)
        Assim, justificamos a escolha da literatura infantil como tema de nosso projeto, sendo explorada de forma lúdica, prazerosa e divertida. Acreditamos que através da exploração de histórias, podemos contemplar todas as formas de expressão, integrando diversas áreas do conhecimento, tornando-as mais ricas, além de proporcionar aos bebês vivências e possibilidades muito maiores.

Objetivos

Objetivos de ensino

• Proporcionar aos alunos momentos de aprendizagem, através de atividades diferenciadas e enriquecedoras na área da literatura infantil, com a utilização de recursos e técnicas de narração de histórias variadas, estimulando o hábito pela leitura, a criatividade, o lúdico, o faz de conta e a imaginação;

• Compreender os desejos e necessidades dos bebês, propiciando um ambiente tranqüilo e aconchegante;

• Propiciar canções musicais variadas;

• Possibilitar o uso de diversos tipos de materiais a fim de desenvolver a criatividade, a imaginação e a coordenação motora;

• Promover o desenvolvimento de vínculos afetivos.



Objetivos de aprendizagem

• Interessar-se por leitura de histórias;

• Descobrir o mundo sonoro à sua volta e valorizá-lo;

• Desenvolver a linguagem oral;

• Explorar o esquema corporal;

• Ampliar progressivamente a destreza de deslocar-se no espaço (engatinhar, andar, correr, saltar, etc.);

• Familiarizar-se com a imagem do próprio corpo;

• Experimentar situações de interação com a música, canções e movimentos corporais;

• Participar de brincadeiras e jogos cantados e rítmicos;

• Participar de atividades que integrem músicas e histórias;

• Desenvolver o gosto por histórias, estimulando a imaginação, o lúdico e o faz-de-conta;

• Manusear diversos portadores de textos (revistas, encartes, livros de papel, de borracha e de pano, etc.);

• Estimular a emissão de sons, balbucios e palavras cantando músicas, imitando os personagens das histórias, etc.;

• Desenvolver a percepção visual e auditiva;

• Desenvolver a motricidade fina e ampla;

• Desenvolver a percepção sensorial, experimentando diferentes sensações táteis;

• Ampliar o conhecimento de mundo que possuem, manipulando diferentes objetos e materiais, iniciando o contato com formas diversas de expressão artística;

• Explorar materiais de formas geométricas (materiais de espuma e tapete das formas geométricas);

• Participar de atividades de contato com a natureza.

Procedimentos/ Atividades


• Histórias narradas.

• Bebeteca.

• Teatros de fantoches e dedoches.

• Manuseio de livros, revistas, encartes, etc.

• Livros de pano, papel e borracha.

• Brincadeiras de roda cantada.

• Brincadeiras: casinha, motoca, esconde-esconde, balões, pega-pega, etc.

• Músicas cantadas variadas que envolvam: nome dos alunos, gestos, animais, sons, etc.

• CD de músicas de vários ritmos.

• DVD musical.

• Passeios pelas dependências da escola: saguão, pátios, horta, etc.

• Atividades com tintas, pincel atômico, giz,etc.

• Manuseio e rasgadura de papéis de diversas texturas.

• Atividades de corpo e movimento, equilíbrio e coordenação.

• Modelagem de argila e massinha de modelar caseira.

• Contato com a natureza e seus elementos.

• Explorar o tapete das formas geométricas .

• Explorar, brincar, subir, descer nos materiais de espuma (formas geométricas e túnel).

• Culinárias.

• Piquenique.

• Brincar com fantasias.







Projeto: Primeiras sensações
Professora Paula Junqueira

Justificativa:

           Constatei que a turma se interessa por tudo que é novo, sensações novas, sons (músicas, ruídos, sons de animais) imagens (figuras de pessoas, de animais, alimentos...) texturas (massinha de modelar, areia, plantas) e como estão na fase oral, experimentam levando tudo à boca. Eles são bastante afetivos e alguns falam algumas palavras, mais a maioria se expressa ainda pelo choro. Nos primeiros nos se iniciará o desenvolvimento da linguagem oral e a criança começará demonstrar sua vontade em socializar-se. Por isso, proporcionaremos novos sabores, novas texturas, novos sons, novas imagens para que os alunos vivenciem e tenham contato com tudo que está a sua volta, abrangendo seu vocabulário, suas experiências.

          Smith (1988) citado por Moyles (2006, p. 28) ressalta que o “brincar na verdade é o trabalho da criança e o meio pelo qual ela cresce e se desenvolve”.

         Acreditamos na importância de explorar os sentidos, trabalhar nossos pequeninos para que eles possam dar um novo visual ao nosso velho mundo onde as sensações boas possam ser sentidas, inclusive nas pequeninas coisas.

        [...] A aprendizagem é uma atividade cooperativa e comunicativa, na qual as crianças constroem conhecimento, dão significado ao mundo, junto aos adultos e, igualmente importante, com outras crianças: por isso enfatizamos que a criança pequena como aprendiz, é um co-construtor ativo. (Dahlberg, Moss e Pence 2003, p. 72).

Objetivos:

Objetivos de Ensino:

• Proporcionar um aprendizado sobre as sensações do nosso corpo através de atividades lúdicas e prazerosas que possibilitem a descoberta de sensações boas e agradáveis e também desagradáveis, provocando, assim o conhecimento, os limites e as possibilidades do nosso próprio corpo.

Objetivos de aprendizagem:

• Conhecer os diferentes sabores dos alimentos;

• Preparar a culinária, explorando os sentidos;

• Apreciar objetos e formas a nossa volta;

• Trabalhar a expressão oral e corporal;

• Expressar-se livremente através de suas criações, utilizando de diferentes materiais, rasgadura e modelagem;

• Desenvolver a musicalidade;

• Desenvolver a atenção.

Procedimentos/Atividades

• Dramatização com fantoches;

• Pintura com tempera;

• Atividades corporais;

• Leitura de histórias;

• Degustação de alimentos de diferentes sabores (doce, salgado, azedo, amargo);

• Elementos de diferentes sensações, como gelo, água morna (quente e frio);

• Caixa surpresa com diferentes objetos com formas e texturas diferentes;

• Aroma de diversos alimentos e plantas;

• Rasgadura de papel;

• Exploração de revistas;

• Exploração visual nas dependências da escola.




Projeto: Meio Ambiente: uma nova descoberta para o Berçário
Professora Naira

Justificativa:

        Levando em consideração que a criança desenvolve com mais sensibilidade o gosto e o amor pela natureza, consideramos importante iniciar um trabalho que leve ao conhecimento dos alunos a importância de cuidar e preservar o meio ambiente. Começando pelo espaço da escolar.

        "O futuro não é algo que simplesmente acontece por si mesmo. Estamos criando o amanhã neste mesmo momento. Hoje em dia muitas pessoas sentem-se como meros espectadores dos fatos globais. Mas devemos aprender que todos nós somos atores e que estamos modelando nosso futuro agora mesmo". (Jostein Gaarder)

Objetivos:

• Desenvolver habilidade de observação;

• Observar o meio ambiente;

• Respeitar o meio ambiente;

• Promover a interação social, e o respeito mútuo;

• Incentivar o cuidado com as plantas e com os animais;

• Realizar trabalho em equipe;

• Utilizar material reciclável;

• Aumentar o vocabulário.

Procedimentos/atividades:


• Cantar músicas com elementos da natureza;

• Histórias;

• Fantoches;

• Confeccionar floreiras e vasos;

• Explorar a terra;

• Construção de um minhocário;

• Manusear sementes e plantas;

• Passeio pela escola;

• Exploração de ambientes;

• Contato com a natureza e seus elementos.


Projeto: A alegria da música
Professora Deisi V. Fernandes
Obs: Esse projeto foi realizado no ano passado com a mesma turma, porém no Berçário 1, quando eu era professora do Suporte Pedagógico.
Justificativa

                 Durante o trabalho realizado na turma do Berçário 1 e estudos sobre esta faixa etária, percebi o grande interesse que os bebês têm por músicas, barulhos e sons, pois eles procuram em sala de aula objetos que produzem sons para brincar, como: garrafas, latas e outros objetos de sucatas, além disso, apreciam muito os brinquedos musicais. Quando cantamos para eles a sua atenção volta para o som que estamos emitindo e em seguida logo vem um sorriso e um gesto.

                A música está presente em nossas vidas desde o ventre materno, ela está ligada diretamente ao contato e expressão corporal, ao desenvolvimento e fortalecimento de vínculos afetivos, ao brincar, ao autoconhecimento e à auto-estima.
              O trabalho com música deve considerar, portanto, que ela é um meio de expressão e forma de conhecimento acessível aos bebês e crianças, inclusive aquelas que apresentem necessidades especiais. A linguagem musical é excelente meio para o desenvolvimento da expressão, do equilíbrio, da auto-estima e autoconhecimento, além de poderoso meio de integração social. (BRASIL, 1998, v.3, p. 49)
             Nesta faixa etária, os bebês adquirem muitas conquistas: sentar, engatinhar, caminhar, balbuciar, falar as primeiras palavrinhas, tudo isso em um espaço curto de tempo e a música contribui muito neste desenvolvimento. Ela é um excelente instrumento para desenvolver a audição, a fala e a expressão corporal e representa uma fonte rica em estímulos.
            Do primeiro ao terceiro ano de vida, os bebês ampliam os modos de expressão musical pelas conquistas vocais e corporais. Podem articular e entonar um maior número de sons, inclusive os da língua materna, reproduzindo letras simples, refrões, onomatopéias etc., explorando gestos sonoros, como bater palmas, pernas, pés, especialmente depois da conquista da marcha, a capacidade de correr, pular e movimenta-se acompanhando uma música. (BRASIL, 1998, v.3, p. 51)
           Assim, justifico a escolha da música como tema de meu projeto, sendo explorada de forma lúdica, prazerosa e divertida. Acredito que através da exploração da linguagem musical, podemos contemplar todas as formas de expressão, integrando diversas áreas do conhecimento, tornando-as mais ricas, além de proporcionar aos bebês vivências e possibilidades muito maiores.

Objetivos

 Objetivos de ensino

• Proporcionar atividades lúdicas e prazerosas de aprendizado sobre a linguagem musical, integrando as diversas áreas do conhecimento;

• Compreender os desejos e necessidades dos bebês, propiciando um ambiente tranqüilo e aconchegante;

• Propiciar canções musicais variadas;

• Possibilitar o uso de diversos tipos de materiais a fim de desenvolver a criatividade, a

imaginação e a coordenação motora;

• Promover o desenvolvimento de vínculos afetivos;

• Proporcionar atividades prazerosas de narração de histórias, utilizando recursos variados;

Objetivos de aprendizagem

• Descobrir o mundo sonoro à sua volta e valorizá-lo;

• Aprimorar a linguagem oral e a musicalidade;

• Explorar o esquema corporal;

• Ampliar progressivamente a destreza de deslocar-se no espaço (engatinhar, andar, correr, saltar,etc.);

• Familiarizar-se com a imagem do próprio corpo;

• Experimentar situações de interação com a música, canções e movimentos corporais;

• Participar de brincadeiras e jogos cantados e rítmicos;

• Produzir sons com a voz, o corpo e materiais sonoros diversos;

• Utilizar diferentes tipos de sucatas como fonte de produção sonora e musical;

• Escutar obras musicais variadas;

• Participar de atividades que integrem músicas e histórias;

• Desenvolver o gosto por histórias, estimulando a imaginação, o lúdico e o faz-de-conta;

• Manusear diversos portadores de textos (revistas, encartes, livros de papel, de borracha e de pano, etc.);

• Estimular a emissão de sons e balbucios cantando músicas, imitando os personagens das histórias, etc.;

• Desenvolver a percepção visual e auditiva;

• Desenvolver a motricidade fina e ampla;

• Desenvolver a percepção sensorial, experimentando diferentes sensações táteis;

• Ampliar o conhecimento de mundo que possuem, manipulando diferentes objetos e materiais, iniciando o contato com formas diversas de expressão artística;

• Explorar materiais de formas geométricas (materiais de espuma e tapete das formas geométricas);

• Participar de atividades de contato com a natureza.

Procedimentos/ Atividades


• Brincadeiras de roda cantada.

• Músicas cantadas variadas que envolvam: nome dos alunos, gestos, animais, sons, etc.

• CD de músicas de vários ritmos.

• DVD musical.

• Histórias narradas.

• Teatros de fantoches com músicas.

• Passeios pelas dependências da escola: saguão, pátios, horta, etc.

• Atividades com tintas, pincel atômico, giz,etc.

• Manuseio e rasgadura de papéis de diversas texturas.

• Atividades de corpo e movimento, equilíbrio e coordenação.

• Bandinha com sucatas.

• Contato com a natureza e seus elementos.

• Explorar o tapete das formas geométricas .

• Explorar, brincar, subir, descer nos materiais de espuma (formas geométricas e túnel).

Mantenha a autoria!

Espero que gostem e sirva de inspiração para o trabalho de vocês! Comentem!
 
 



















Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...